Wanted: Dead

Wanted: Dead

released on Feb 14, 2023

Wanted: Dead

released on Feb 14, 2023

Wanted: Dead promises "spectacular melee combat and exciting gunplay," and is set in a "dark and dangerous version of science-fiction Hong Kong where you will need sharpened skills to survive."


Released on

Genres


More Info on IGDB


Reviews View More

So ziemlich das schlechteste Action-Spiel, welches ich je gespielt habe.

Der Nahkampf ist extrem clunky und janky (auch wenn man Animationen canceln kann, wodurch es etwas flüssiger läuft). Fernkampf ist auch nicht gut, da man permanent Munitionsmangel hat. Zum Teil sind grundlegende Fähigkeiten wie Granaten benutzen in einem Skilltree.

Dazu noch gegnerische Nahkämpfer, die zu viel aushalten und nervige Fernkämpfer mit Granaten-Spam. Beim zweiten Boss war ich so genervt, dass ich das Spiel nie wieder anfassen will.

looks at the avg. rating, steam reviews, general reception of this game

this is why we can't have nice things anymore, genuine good games like this one will be treated at best like they're "so bad it's good!" and never get the recognition they deserve for their incredible game design.

Replayed on the latest (1.13) update with combat overhaul on Japanese Hard difficulty. While i'm at it, I'm not a huge fan of this update (it makes the game easier in some ways and favors a more rushdown approach especially on some encounters and boss fights). Still it's a good pretext to revisit the game, and definitely still a very enjoyable experience.

technically speaking, the PS4 version is absymal. can't believe how badly the cutscenes are rendered and how washed out the graphics are. luckily it's playable, but the devs need to fix all of this. judging from gameplay videos, the PS5 doesn't seem to have these issues at all, so I really don't know what went wrong porting it.

btw, the game itself slaps. kinda. it's quirky as hell. sadly, the story is so lackluster and it's a shame since it had potential and the setting is great

The best worst game of 2023.

The story is nonsense that doesn't know if it's trying to be serious or not.
The combat is functional yet clumsy, which isn't helped by the poor balancing and dumb AI
The presentation is all over the place and badly performed
and the mini-games are totally lifted from Like a Dragon/Yakuza series and done terribly.

It's pretty much a 2004 game that came out in 2023. (Like a HD Devil's Third, considering the devs behind this game did work on before leaving Valhalla.)

Cannot recommend this anymore than $20, especially considering it's length as I was about to beat it within about 6 hours but it's a good bad recommendation from me, even at the low score I've given it.

>Plays game
Man what the fuck is this looks like some forgotten PS3 game lmao
>dies 5 times
What the fuck I thought this was made by the Ninja Gaiden guys this shit sucks why can't I izuna drop
>discovers guard canceling
OOOHH ok ok I get it now hmmmmm
>Discovers Iron sight canceling
OH MY GOD GOTY GOTY GOTY

é meio complicado falar sobre esse jogo, de certo modo, ele é o jogo mais nota 6 existente, não é taaaao bom em maior parte do que se propõe a fazer, mas da pra relevar alguns dos problemas, por que ainda assim, me diverti bastante com ele.

começando pelo lado ruim, o jogo não tem muito polimento, a gameplay é sim bem divertida porem existem alguns erros impossiveis de ignorar. A câmera é meio truncada e de vez em quando pode te atrapalhar a mirar ou dar parry, um sistema de lock-on faz falta apesar de não ser exatamente necessário, o jogo parece que esquece que seu personagem não consegue pular e o design das fases acaba te atrapalhando bastante por isso e em vários momentos parece que só esqueceram de balancear certas coisas do combate, além de faltar um pouquinho mais de variedade, entretanto, o jogo é curto então isso não incomoda muito. A questão é, o jogo é MUITO curto, a história não faz sentido nenhum pq parece q ela é só 1/3 de uma narrativa completa, não acontece quase nada, e o que acontece não tem muito desenvolvimento nem impacto.

Agora, onde o o jogo sucede de fato é na sua apresentação, o estilo visual, a estética retro futurista, os finalizadores durante o combate, o jogo tem estilo e charme de sobra. Além dos design dos personagens e de todo o visual do jogo, entre as missões de ação dignas de uma série policial ou filme de ação dos anos 80(com direito a uma missão dentro de uma balada e uma cutscene tocando maniac), temos minigames, jogo de ritmo de comer ramen, karaokê cantando uma musica alemã que eu amo, retro shooter em um arcade. Esses detalhes ajudam muito no carisma da obra toda. Além disso, apesar de ter dito que a história não faz muito sentido, ainda assim toda a apresentação dela é ótima, ênfase nas cutscenes em anime mostrando o passado da personagem principal.

no geral, é um jogo com um potencial enorme, porém segurado por um orçamento médio e ideias de mais, ainda assim com todo o estilo e charme que ele tem, se tivesse uma história maior com certeza conseguiria ver wanted: dead sendo cultuado assim como jogos do suda51. É uma pena realmente, gostaria de ver uma versão mais realizada desse jogo.