2963 reviews liked by Geno123


Eu poderia muito bem dar um copia e cola da minha review do Super Lucky's Tale e colocar aqui, mas eu não vou fazer isso.

Ele melhora os gráficos do primeiro e a câmera, que atrapalhava de mais.

Mas ainda é o mesmo jogo, com as mesmas fases, mudando pouquíssimas coisas, o que faz dele o mesmo jogo genérico de plataforma que o outro era.

E como eu zerei o original, não tem motivos pra mim zerar esse! Então, se querem jogar Super Lucky's Tale, joguem esse e deixem o original de lado.

Com o hype de sonic frontiers ta tendo eu comecei a rejogar alguns jogos da franquia , teve uma época que eu era muito fã de sonic mas hoje em dia nem de longe apesar de ter um carinho pela franquia e por algum motivo eu me forcei a zerar o forces mas pqp que jogo MEDIOCRE ele não é ruim mas cara que jogo sem alma a ost (que sonic sempre tem uma de qualidade) aqui é medíocre porque a trilha do sonic é boa , a do avatar é legal nada d+ , a sonic clássico é ruim e irritante , o level design das fases também é medíocre e simples( com um plus sendo a física horrível para o sonic classico) , o gráfico e iluminação estão bons , eu pensava que a internet tinha sido injusta com esse jogo mas cara ele realmente merece muito das criticas que recebe . Eu gosto muito de sonic generations e o forces poderia ser um generations 2 mas foi bem longe disso , uma pena .

BOOST! BOOST! BOOST! BOOST!
História mais ou menos, mas gameplay super rápida. Infinity podia ter sido o melhor vilão do Sonic, mas infelizmente está nesse jogo. E o batidão de rock é show. Mas pqp, jogo acaba rápido demais, a DLC do Shadow é uma merda e o clima peida demais entre tentar ser sério e ser a mesma farofa de sempre (que eu adoro, mas se decide jogo!)

Acho longe de ser tão ruim quanto colocam. Eu entendo que pra quem acompanhou o lançamento do jogo passou por uma decepção enorme, mas comigo não tendo esse fator, eu só acho um jogo tanto faz, nada no jogo tem alma ou personalidade e carisma, e todas as fases parecem iguais, eu só não sinto nada jogando, é entediante.
Na verdade eu até preferiria que o jogo fosse realmente ruim e tivesse personalidade, eu prefiro sentir ódio do que sentir indiferença com arte, e as vezes você se diverte com coisas que são ruins mas tem personalidade, como Sonic 2006 ou Shadow the hedgehod, são jogos muito piores que esse, terríveis de se controlar, mas eles tem um carisma que te diverte e te prende de alguma forma, você sente alguma coisa, mesmo que raiva.
Pra não falar que eu não senti nada, eu passei raiva nas últimas fases, que são insuportaveis, e as fases 2D são significativamente piores que as 3D com a física estranha, até me diverti com as fases 3D, mas as 2D me impdendem de subir um pouco mais o jogo no meu conceito.

Sinto que estou na minoria ao ter gostado tanto desse aqui, mas sei lá... jogar pela primeira vez em 2024 provavelmente ajudou, mas também sinto que exageram um pouco na implicância. O que sei é que me diverti muito e gostei bastante da história, além de ter me apegado a mais uns dois ou três pokémon que eu não conhecia ou pros quais não ligava muito antes.

Que DELÍCIA de jogo, sério. Tanto pra quem jogava Pokémon Snap no N64 quanto pra quem vai conhecer agora, é simplesmente tudo de bom. Sei que não dá pra esperar muito da Nintendo, mas espero que ainda lancem bastante conteúdo pra esse aqui.

Vamos lá. Eu cheguei a desistir de Ecco — cheguei até a marcar o jogo como Shelved depois de pegar um walkthrough e ficar meio tonto com tudo que tinha que fazer para passar de uma determinada fase. Não sou a melhor pessoa com jogos no geral, só agora estou começando a jogar mais, então... eu jamais conseguiria zerar esse jogo.

Mas aí fiquei curioso... fui assistindo... e acabei vendo todo o gameplay. E resolvi marcar aqui porque sim.

É um jogo lindo, de verdade. Dos gráficos às ideias à trilha sonora, é tudo deslumbrante e melancólico e poético. A história é uma maluquice deliciosa, e até a dificuldade meio que colabora para a mística da coisa toda. É um jogo que conheci quando criança e, apesar de ter jogado pouco na casa de uma pessoa que não lembro nem quem era, acabou me marcando. Talvez um dia eu crie coragem e paciência e pegue pra fechar eu mesmo. É um grande talvez...

Ecco, em tempo: eu te amo, você é o melhor golfinho do mundo.

Fishy

2019

This review contains spoilers

Um nível de complexidade que poucas pessoas entendenderiam.

As fases são extremamente complexas e os estilo de arte do jogo te faz refletir e pensar muito sobre a vida e muitas coisas, outra jogada genial foi as fases bônus serem melhores que o jogo base, e isso é uma boa crítica sobre como as pessoas talvez gastam dinheiro e não acabam aproveitando completamente o jogo, pois se essas pessoas tivessem chegado nas fases bônus elas não teriam dado uma nota tão baixa assim, essa minha nota baixa? Simples. Infelizmente nossa sociedade despreza o que é diferente e muitas vezes julgam as pessoas pelo gosto alheio, essa nota baixa é pra eu poder ser aceito na nossa sociedade moderna, porque se eu pudesse eu daria 5 estrelas.

Bom jogo, o fator nostalgia pega muito nesse game... todas as sagas Z bem resumida, um prato cheio pra os fãs com boas mecânicas, bom combate e tbm curti a forma de up dos personagens... mas!!! o jogo fica bem repetitivo quando vc chega ali nos 70% do game e vai ficando arrastado principalmente se vc optar em fazer as sides quests algo que achei a quantidade bem desnecessária...tipo a maioria só pra encher linguiça mesmo... enfim achei um bom jogo onde vc se diverti bastante mais que acaba cansando antes do final ... vale um 8/10

Undertale é uma aventura e tanto...
Os personagens são muito marcantes, você não os conhece e passa pouco tempo interagindo com eles, mas mesmo assim simpatiza com cada um.
Só isso já tornaria a jornada muito interessante, mas uma memorável soundtrack sempre lhe acompanha, com sons melancólicos, que transmitem um sentimento muito agradável, quase que uma magia.

E o que também me conquistou foi o jeito que o jogo quebra a quarta parede, se comunicando com o jogador direta ou indiretamente em muitas partes da jogatina. A batalha final (na run neutra) por exemplo é uma loucura nesse quesito, eu fiquei surpreso do início ao fim.

Veredito: Jogar Undertale é uma experiência que eu recomendo á qualquer um que tenha uma oportunidade.
É um jogo curto, agradável, feito com muito carinho e cheio de detalhes incríveis. Só pela soundtrack já vale a pena, pelo resto então...

10/10
(Era para eu ter soltado esse review domingo mas não sabia o que escrever :P)